No coração de uma cidade movimentada, uma excelente localização…

No coração de uma cidade movimentada, uma excelente localização desenrolou-se entre uma senhora e um veado selvagem, uma história que ilustra de forma soberba as ligações surpreendentes que podem surgir entre humanos e animais.

Liz Mitten Ryan, criadora e comunicadora de animais, tornou-se a figura central desta história inédita.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

A viver numa propriedade de 320 acres na Colúmbia Britânica, a que chama “Gateway 2 Ranch”, Liz dedicou a sua vida a cuidar de animais.

Este santuário, partilhado com o seu marido e centenas de animais, é um esquema em que a natureza, as flores e a fauna coexistem em harmonia.

No futuro, enquanto Liz andava pela terra, viu uma coisa que não lhe era familiar.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Um veado selvagem, a que mais tarde deu o nome de “Ella”, ficou por perto.

Não se tratava de um facto novo, pois os veados selvagens protegem incessantemente a sua distância dos humanos.

No entanto, Ella tornou-se uma vez diversificada. Ela parecia estar à procura da consideração de Liz, mostrando uma fase de confiança que se tornou ao mesmo tempo invulgar e comovente.

À medida que Liz se aproximava, apercebeu-se de que Ella estava infeliz.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

O veado deitou-se, um traço inegável que ela desejava servir. Liz, acreditando na gravidade do cenário, sabia que tinha de se comportar.

Contactou uma organização local de salvamento de flores e fauna para obter orientação.

Eles aconselharam-na a determinar se Ella tinha ficado ferida ou doente.

As capacidades de Liz para lidar com animais permitiram-lhe procurar Ella com rigor, sem causar mais stress.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Milagrosamente, ela não encontrou ferimentos.

A influência que Ella teve foi a de ter ficado exausta, por ter sido perseguida por um predador ou por se ter perdido da sua manada.

Liz decidiu que a única forma de agir era deixar Ella descansar e melhorar em paz.

Na manhã seguinte, Liz regressou para se ocupar de Ella.

Para seu deleite, o veado ficou de pé, com um olhar um pouco mais enérgico.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Liz sabia que isto se tornara uma vez um traço uniforme. Ella, por outro lado, não estava pronta para partir de facto, mas.

Ela manteve-se fechada para Liz, seguindo a sua ronda para se entregar a um verdadeiro parceiro.

Este comportamento desconhecido continuou durante um par de dias, sem que Ella mostrasse qualquer desejo de regressar à natureza.

Durante todo esse tempo, Liz e Ella formaram um vínculo recorrente.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Liz partilhou: “Ela acompanhava-me pela propriedade, ficando ao meu lado enquanto eu fazia as minhas tarefas”

Esta relação inédita tornou-se uma vez um testemunho da confiança e crença que se desenvolveram entre elas.

Na destruição, chegou o momento de Ella regressar ao seu habitat puro.

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Liz observou enquanto o veado caminhava confiante para o deserto, um momento agridoce para ambos.

Liz reflectiu sobre as capacidades, afirmando:

“Tornou-se uma honra servi-la e uma bênção ser confiada por esta forma de criatura selvagem espantosa”

Páginas Pelorianas – YouTube

Oferecer:
Páginas Pelorianas – YouTube

Esta crónica comovente de Liz e Ella serve para recordar as ligações profundas que podem existir entre os seres humanos e as flores e a fauna.

Mostra que, normalmente, até a mais selvagem das criaturas pode procurar conforto e refúgio na nossa presença, fazendo a ponte entre dois mundos muito diversificados

Veja Marlis a entregar-se a Eva no vídeo abaixo.

Por favor PARTILHAR isto com a tua família e amigos.

- Advertisement -