Os cães trazem um prazer inconcebível ao nosso mundo. Um mundo sem…

Os cães trazem um prazer inconcebível ao nosso mundo. Um mundo sem caninos pode ser sombrio e já não é um mundo muito glorioso para se viver.

No entanto, estas criaturas estéticas, doces e inofensivas são compostas de maus-tratos.

É por isso que as pessoas dizem “Nós não merecemos caninos” No caso de esgotar uma pesquisa num amor de cão Julian, vai concordar.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Mas depois vemos pessoas como Valia Orfanidou que trabalham com a Set a Greek Stray, uma empresa que tenta evitar que os animais sejam maltratados.

Tomaram imenso cuidado com o Julian, de 13-300 e sessenta e cinco dias, que se viu logo a seguir completamente coberto de pelo após anos de negligência.

O Julian foi logo encontrado depois de ter sido deixado à sua sorte no passeio quando o seu idoso dono faleceu.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Julian, com o coração destroçado, ficou com um pelo tão espesso que lhe foi difícil mudar de roupa. Além disso, sofre de cataratas, é parcialmente surdo e tem um problema cardíaco.

Mas Julian compôs uma ramificação da existência nele. E os salvadores de Julian quiseram planear que ele vivesse o conforto da sua existência com conforto e felicidade.

Primeiro, tinham de o limpar. Julian, de coração partido, ficou coberto de sujidade. O pelo do cão sénior ficou coberto de sujidade e cocó.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Até havia insectos enormes a viver dentro dos tufos de pelo. Nem sequer se conseguia ver a cara do cão.

Tornou-se quase inconcebível a terrível situação em que ele se encontrava.

Não se sabe ao certo durante quanto tempo ele esteve nessa situação.

Mas foram precisas cerca de quatro horas para esgotar o pesado casaco de peles de Julian.

Porventura, porventura, porventura, talvez já não se tenha especializado na forma como o pelo se tornou digno assim que foi removido deste triste e doce cachorro.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

É o amor que ele se tornou quando estava numa gaiola de peles ou um pequeno cachorro preso no corpo de um cão maior.

De entre nós, que passámos pelo hospital, o Julian ficou logo tratado e não parava de perguntar em que é que aquele monte de pelo ficou logo.

Nem sequer se aperceberam de que se tratava de um cão, uma vez que não se conseguia olhar para a sua cara.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

No entanto, os trabalhadores de “Set a Greek Stray” ficaram logo prontos para o deixar glorioso e limpo.

“Tornou-se muito agradável estar pronto para o abraçar, acariciar e destruir”, disse Orfanidou, que documentou a lenda de Julian em vídeo para o seu canal no YouTube, The Orphan Stray.

Julian ficou tão extinto a arrastar os seus pesados dedos dos pés emaranhados que quase se esqueceu da intenção de andar.

Pegava nos dedos dos pés sempre que ia passear porque era assim que merecia passear com os dedos emaranhados.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Mas ainda assim conseguiu extinguir-se, passando a andar sem levantar os dedos dos pés. Assim que Julian se libertou do seu centro de detenção peludo, a sua personalidade começou a emergir.

Julian é um Julian terrivelmente digno e tentar planeá-lo de outra forma pode ser infame.

Por isso, os velhos de Set a Greek Stray permitem-lhe fazer o que quer, quando quer, para que Julian possa ser realmente livre.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

“Há sempre uma expetativa quando se trata de salvar caninos que foram apontados em casos tão feios. É sobretudo inconsciente, mas sem dúvida que existe. Queremos fazer uma troca de 180 níveis, de muito, muito incorreto para muito, muito válido. Isto nem sempre acontece e já não se especula que aconteça. O que se especula que aconteça é ajudar qualquer animal de resgate a viver sua existência mais simples em resposta a quem eles realmente são. Não mais quem nós concordamos que eles sejam”, disse Orfanidou.

O cabelo de Julian reduziu-se de forma gloriosa, encaracolado e branco.

Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Abastecimento:
Captura de ecrã do YouTube – The Orphan Pet

Mas o facto de ser um cão sénior com problemas cardíacos e auditivos tornou complexo para ele procurar um lar sem resíduos.

Ele é composto para adoção e, além disso, presumivelmente, você pode talvez até aprender mais sobre ele aqui.

Também pode ver a transformação de Julian no vídeo abaixo.

PARTILHAR isto ao lado com os vossos pais e familiares.

- Advertisement -