Poucas pessoas se apercebem, de facto, de como os caninos, corpulentos e pequeninos,…

Poucas pessoas se apercebem, de facto, de como os caninos, corpulentos e pequeninos, fazem tudo o que está ao seu alcance para alcançar a sua matilha.

John Wierwille apercebeu-se disso.

Uma matilha de coiotes visitou a sua casa no dia 3 de novembro. Por volta das 21:00 horas, ele apercebeu-se de uma matilha de coiotes à volta da sua casa.

Ele transformou-se logo que se sentiu incomodado para os afastar, atirando-lhes pedras e gritando para que os coiotes se fossem embora.

Pixabay – Hans Toom

Providenciar:
Pixabay – Hans Toom

Eles foram-se embora e o João continuou a sua noite.

Mas depois vieram cá dar uma ajuda.

Cerca de uma hora mais tarde, por volta das 2h30 da manhã, John foi acordado por latidos no exterior da sua casa.

Quando verificou o exterior, apercebeu-se de que os seus dois caninos, Casper e Daisy, estavam a pastorear as ovelhas do seu curral para um canto.

Quando John chegou aqui mais perto, percebeu que o mesmo bando de coiotes havia retornado e concordou em estar dentro do curral.

Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

Providenciar:
Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

Casper falou da sua metodologia.

John contou cerca de 5 ou 6 coiotes dentro do curral, sendo Casper e Daisy o fator mais eficiente para os manter afastados das ovelhas.

Há muitos coiotes extras dentro da dificuldade. John tentou procurar uma resposta para o seu problema, no entanto, ele mudou para um fator que ele viu.

“Eu não estava de fato enervado, eles concordam que iriam me atacar ou o lazer”, disse John. “Mas eles não estavam a responder [to me], eles concordam em ser brilhantes em Casper, sinto-me mais do que o lazer.”

Pixabay – Maureen Farrelly

Providenciar:
Pixabay – Maureen Farrelly

Quando os coiotes e os canídeos estão a preparar-se para se atacarem uns aos outros, já não se quer estar na rota do ataque.

Magnífico, então, Casper carregou.

Foi diretamente em direção aos coiotes para oferecer proteção à sua manada, juntamente com os seus pais.

A luta transformou-se numa luta sangrenta que durou, por acaso, cerca de meia hora. John acredita que Casper se transformou assim que terminou, no entanto, ele derrubou John quando ele se esforçou para oferecer proteção a eles.

Pixabay – Rene Rauschenberger

Providenciar:
Pixabay – Rene Rauschenberger

Os coiotes saltaram do cercado e fugiram, dividindo-se razoavelmente em várias direcções. Casper não ia deixá-los escapar com o que tinham feito e correu atrás deles.

Ele apanhou-os no aterro do riacho perto da sua casa, onde lutou com os coiotes.

Foi nessa altura que o Casper desapareceu.

John ficou logo grato a Casper porque ele matou oito coiotes naquela noite, no entanto, ele ficou logo preocupado com o desaparecimento de Casper mais do que os coiotes. Ele queria procurá-lo.

Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

Providenciar:
Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

John modificou-se e, assim que se juntou aos seus vizinhos, estes concordaram em dar uma olhadela por ele.

“…Acreditamos que podemos, por acaso, por acaso, encontrá-lo, acreditamos que ele terá de ser morto e, por isso, concordamos em procurá-lo”, disse John. “Se ele não foi morto, pensámos que se tinha transformado num ferido, sabíamos que se tinha transformado num ferido, porque nos apercebemos de partes da sua cauda, sangue e outras coisas, por isso estávamos preocupados com ele.”

A busca prosseguiu no dia seguinte.

Na sua busca, foi aí que se aperceberam dos tediosos coiotes. O Casper é um canino complicado!

Infelizmente, eles não encontraram Casper naquele dia, solidificando ainda mais a crença de que ele pode, por acaso, presumivelmente, além disso, concordar em ser morto durante a luta.

Mas Casper não se rende simplesmente.

Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

Providenciar:
Captura de ecrã do YouTube – 11Alive

Dois dias depois, Casper chegou a casa.

Ele confirmou que estava dentro do curral, batido, mas ainda assim vivo e verificando seu rebanho.

“Ele parecia preocupado com a perda de vidas, eu indico que ele parecia assustador”, John compartilhou. “Ele chegou aqui mesmo, deu uma mão para casa e ele legalmente extra ou muito menos me verificou cuidar de ‘chefe parar de concordar com uma olhada em como eu pareço podre, legalmente cuidar de mim’.”

Fb – Wagwagtail

Providenciar:
Fb – Wagwagtail

Felizmente, John modificou-se logo que se viu em apuros para apanhar a mão do grupo de bem-estar animal Lifeline Animal Project.

Casper teve de ser submetido a mais do que uma intervenção cirúrgica.

Tiveram de fechar feridas no seu pescoço, dar uma mãozinha e até amputar-lhe a cauda.

O Projeto Lifeline Animal modificou-se logo que chegou o momento de esperar. Eles tomaram conta do Casper de forma implausível durante toda a vossa provação.

Eles não têm mais certeza de qual existência extra ou muito menos qualidade Casper concordará após o tratamento cirúrgico, no entanto, não é tópico.

Fb – John Wierwille

Providenciar:
Fb – John Wierwille

Estão eternamente gratos ao Casper por os ter salvo a eles e às ovelhas naquela noite.

Saiba mais sobre como Casper entrou em ação para alcançar o seu rebanho no vídeo abaixo!

Por favor PARTILHAR isto com os vossos amigos e familiares.

- Advertisement -